EM CANGUARETAMA OCORRE A PRIMEIRA ENTREGA DO PAA INDÍGENA DO PAÍS

Fruto da articulação do SINTRAF de Canguaretama, junto aos parceiros locais como a Emater e Secretaria de Agricultura, foi realizada na quinta-feira (16.11) na Comunidade Indígena, Catú, município de Canguaretama/RN, a primeira entrega dos produtos da Agricultura Familiar, aos Agricultores Indígenas da comunidade.

A Emater elaborou o projeto para participação da comunidade, em parceria com o Sindicato e Secretaria de Agricultura.

Os Agricultores são beneficiados duas vezes pelo Programa: Primeiro eles vendem seus produtos e em seguida, recebem esses produtos nas chamadas "cestas verdes" que são entregues as famílias que estão com insegurança alimentar.

Os produtos fornecidos pelos Agricultores, são entregues no CRAS do município, que os entrega em forma de cesta, as famílias beneficiadas.

Na atividade de entrega das cestas, participaram: Maria Avanael Simão, Presidenta do SINTRAF de Canguaretama e Diretora da FETRAF/RN; Davi Simão, Secretário de Agricultura; Secretário de Assistência Social; Hugo Araújo e Juliana Marreiro, da EMATER; Agricultores e lideranças comunitárias.

SOBRE O PAA INDÍGENA

O PAA é um dos principais instrumentos de fortalecimento da agricultura familiar e de combate à fome no Brasil. O governo compra alimentos diretamente dos produtores e distribui para famílias em condições de vulnerabilidade alimentar.

Desde a sua criação, o PAA investiu mais de R$ 8,8 bilhões e adquiriu cerca de 5,5 milhões de toneladas de alimentos. São atendidas, em média, 15 mil entidades por ano com o fornecimento de alimentos. Mais de 50% dos recursos são destinados a municípios de até 50 mil habitantes.

Fotos: SINTRAF de Canguaretama/RN

Informações: Maria Avanael e MDS

Escrito por: Alex Pontes